sábado, 14 de fevereiro de 2009

O tempo



Antigamente tudo era muito devagar seguia mais ou menos o ritmo das estações, o ritmo das colheitas, a marcha dos astros. Daí por muito tempo o homem observar o céu e ver a posição dos astros que o auxiliava na navegação e também seguindo sua localização, os astros serviam para a previsão do futuro. Em tudo parece que a natureza colocou um tempo, o tempo de nascimento dos animais, o tempo da colheita, o tempo das águas, o tempo das secas. Até o ponto em que nos Salmos se afirmarem “Que há tempo para tudo debaixo do sol”. Mas nos últimos tempos, digo de um século para cá, o homem subverteu a ordem dos acontecimentos, tornou-se uma espécie de “Deus”, com invenção de máquinas cada vez mais sofisticadas, quebrou recordes de velocidade um atrás do outro, no início se andasse mais que 20km/hora, que seria mais ou menos a velocidade do homem a pé, poderia ocorrer alterações com a fisiologia humana, ou seja, o funcionamento dos órgãos. Inventou-se a máquina a vapor e as locomotivas superaram facilmente este recorde e nada aconteceu a não ser o progresso humano. Após isto se inventou o motor a explosão ou a combustão interna. Estavam inventando ao mesmo tempo o automóvel, e as locomotivas foram facilmente superadas e nada aconteceu. Com velocidades estonteantes para a época, início do século XX, em torno de 80 km por hora. Daí em diante os recordes de velocidade foram cada vez mais quebrados. Chegando aos aviões a jato em que se superou em várias vezes a velocidade do som, em termos de Km/hora. Este supera mais de 3000km/hora. E nada aconteceu. Agora aparece na internet, algo como o tempo está passando mais rápido que antigamente. Acho que isto mais parece uma ilusão, já me parece pelo que tenho de informações a terra está rodando mais rápido só um segundo em relação aos relógios atômicos, ou seja, houve uma defasagem mínima de tempo. Mas quem falou ou escreveu isto não está totalmente errado. Pelas leis de Newton ainda está tudo certo, mas pela teoria da relatividade de Einstein, realmente a velocidade interfere com o tempo, principalmente se ela for próxima da luz, dois corpos no espaço em velocidades diferentes tendem a percorrê-lo em tempos diferentes, parecendo quanto mais veloz mais rápido o tempo passa em relação a um observador externo. E tanto verdade que a Lei da Relatividade se aplica a corpos que circulam a terra como satélite artificiais em que para se medir o tempo tem que ser levadas em consideração sua velocidade. Ou seja, para estes corpos o tempo passa mais rápido. Enfim o homem saiu leis da criação, as próprias leis evolutivas de Darwin não se aplicam mais ao homem civilizado que faz seu ambiente e não sofre mais influência deste. Até aonde vai parar esta criatura criada por Deus ninguém sabe. “O grande filósofo Nietzsche afirmou:” O homem é uma corda estendida entre o animal e o Super-homem - uma corda sobre um abismo. É perigoso vencer o abismo- É perigoso ir por este caminho- É perigoso olhar para trás- É perigoso ter uma tontura é parar de repente! O que se pode amar no Homem é ser ele transição e perdição.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Luiz Antonio de Almeida itens compartilhados

Ocorreu um erro neste gadget
Loading...

Sobre eu e meu blog

Gosto de escrever, não o escrever por escrever, mas até uma necessidade intrínseca de me expressar, de transmitir algo, um pensamento, com ist0 eu possa despertar algo de bom em meus amigos. Muitas vezes mesmo é meu desejo de comunicação, já como disse uma amiga, sou tímido, então a comunicação verbal direta estaria dificultada, então a comunicação via internet mil vezes potencializada. Diga o que disserem, mas o computador aproximou as pessoas, que muitas vezes estavam distantes, e tinham poucas possiblidades de comunicação. E os "bloguistas" podem então dar asas a sua imaginação e exercitar as suas potencialidades, que terão mais ou menos leitores de acordo com suas possibilidades e capacidades. O meu blog é geral, pois trato de qualquer assunto, moderno, contemporâneo, assuntos atuais, problemas brasileiros e outros tantos.

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Franca, SP, Brazil
Um tanto solitário, introvertido, gosto de viajar,caminhadas e leituras