quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Que o Natal seja benvindo

Sempre gostei das músicas de Natal, elas evocam algo de nossa infância bem distante, quando o rádio ou o alto falante da praça tocavam músicas na época do Natal, maravilhosas, evocativas: Eu pensei que fosse filho de Papai Noel, amanheceu e o sino gemeu... eu esperei um brinquedo de Papai Noel, mas Papai Noel não veio, então fiquei zangado e pensei, com certeza o velhinho já morreu ou então a felicidade é um brinquedo de papel. Quanta ternura, quanta meiguice, quanto sonho, sonhar não gasta nada, é preciso o povo voltar a desenvolver as fantasias nas crianças e também porque não também nos adultos. Fica esse comércio deslavado e pagão que mais parece os festivais de Baco e Afrodite, a deus do vinho e a deusa do amor. É puro paganismo mesmo, depois reclamamos não há mais cantores e compositores. Não é de se espantar pois a magia e o sonho foram para as "cucuias." Como sonhar num mundo tão materializado e que não mais existem praticamente relações humanas, só comerciais. Falar em romantismo é demodè, quadrado, ultrapassado, hoje vai-se direto ao que importa e pronto. Aí as música ficam uma m...., parecendo pornografia ou então incitam a violência. Isto não é música pelo menos pelos padrões que a gente conhecia pelo radio. É preciso o mundo voltar um pouco mais ao romantismo, não sei se vão conseguir, não um romantismo piegas, mas algo bacana, como são por exemplo as músicas de Natal mais antigas, ou as cantigas das fogueiras de São João, o folclore, as danças de roda, a ciranda, a dança de fita. Tinha tanta coisa bonita na minha infância, que parece que sumiu tudo, agora penso, ou mudei eu ou mudou o mundo, mas acho que para pior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Luiz Antonio de Almeida itens compartilhados

Ocorreu um erro neste gadget
Loading...

Sobre eu e meu blog

Gosto de escrever, não o escrever por escrever, mas até uma necessidade intrínseca de me expressar, de transmitir algo, um pensamento, com ist0 eu possa despertar algo de bom em meus amigos. Muitas vezes mesmo é meu desejo de comunicação, já como disse uma amiga, sou tímido, então a comunicação verbal direta estaria dificultada, então a comunicação via internet mil vezes potencializada. Diga o que disserem, mas o computador aproximou as pessoas, que muitas vezes estavam distantes, e tinham poucas possiblidades de comunicação. E os "bloguistas" podem então dar asas a sua imaginação e exercitar as suas potencialidades, que terão mais ou menos leitores de acordo com suas possibilidades e capacidades. O meu blog é geral, pois trato de qualquer assunto, moderno, contemporâneo, assuntos atuais, problemas brasileiros e outros tantos.

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Franca, SP, Brazil
Um tanto solitário, introvertido, gosto de viajar,caminhadas e leituras